Os Vidros na Construção Civil

Vidro na Construção Civil

Com pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias realizadas com o vidro, é cada vez mais comum utilizá-lo em diversos tipos de aplicações, veículos, construção civil, aparelhos eletrônicos, utensílios domésticos, equipamentos hospitalares, entre outros. O que há muitos anos atrás tinha uma rara utilização passa agora a elemento principal nestas aplicações, especialmente na construção civil.

Essas novas tecnologias e pesquisas que são feitas em torno do vidro, permite atualmente a fabricação de variados tipos deste produto, desde o material que os compõe as espessuras, permitindo a escolha da melhor solução onde será aplicada. Hoje existem fachadas, escadas, divisórias, coberturas, peles, forros e até componentes estruturais feitos de vidro.

Algumas imagens abaixo ilustram melhor o tema:

vidro-construcao-civil2

Com a melhora da economia, o vidro está sendo cada vez mais utilizado na construção. Se este era um elemento raro utilizado no Brasil até alguns anos atrás, agora é um produto comum e está sendo aplicado em larga escala, como por exemplo, nas fachadas de muitos edifícios. Algumas vantagens como transparência, reutilização, resistência e praticidade, aliadas a boa estética fazem do vidro um material cobiçado no mercado da Construção Civil.

Uma das grandes vantagens do vidro está o tornando uma alternativa a muitos materiais não sustentáveis que existem atualmente. Hoje se desenvolvem tecnologias que permitem a geração de recursos através dele de maneira a não agredir o meio ambiente, como a energia elétrica. Uma das tecnologias que se difundem a cada dia é a conversão de energia solar em elétrica pelo vidro fotovoltaico, onde peças de vidros simples, laminados ou duplos, possuem lâminas de células fotovoltaicas feitas com silício, unidas e instaladas aos fios que se ligam as baterias e convertem a energia solar em elétrica, geralmente para ser utilizada no local que está instalado.

Alguns edifícios já utilizam esse conhecimento, seja para a geração total ou parcial de energia, que será consumida no local.

Veja alguns exemplos:

vidro-construcao-civil3

A aplicação de vidro em ambientes interiores também já é uma realidade incontestável. Hoje se encontram em muitos locais como ambientes corporativos, utilizado como divisórias, biombos e outros. Por exemplo, divisórias de alto padrão feitas com estrutura de alumínio e placas de vidro são cada vez mais requisitadas em escritórios, ambientes corporativos ou órgãos públicos. Sua facilidade de montagem e desmontagem confere ao ambiente uma excelente estética, proteção acústica, sofisticação e funcionalidade.

Seja no piso, nas escadas, na cobertura ou em outros locais, o vidro traz modernidade, simplicidade, sofisticação e outros benefícios, além de ser um produto sustentável e reutilizável. Cada projeto deverá ter a opção mais adequada de funcionalidade e estética de vidro para ser aplicada ao local.

Por Roberto Galvão